Notícias

BC Indica: Addolcire

19/12/2014


Uma loja leve e jovem. Mas que, ao mesmo tempo, relembra as docerias da década de 1980, que lotavam aos sábados e domingos vendendo bolas de sorvete, bombons, docinhos e até um salgadinho para rebater toda a doçura. A Addolcire é um atelier aberto. Uma confeitaria completa. Tudo ideia de Stephanie Mantovani, de 21 anos.

 

De cara, um deque acomoda mesinhas ao ar livre. Aos fundos, a fabricação de chocolates e sorvetes pode ser observada de um jardim onde, sob uma pitangueira, é possível se sentar. Ao centro, no salão, fica o balcão, com sorbets intrigantes com até 60% de fruta, como o de laranja-bahia e gengibre, além de sorvetes criativos, entre eles, o de cheesecake de Nutella, o latte (à base do cacau equatoriano especial Arriba) e o que leva o nome da casa, o addolcire (uma brincadeira com a sobremesa francesa crème brûlée com notas de limão-siciliano sob uma fina crosta de açúcar maçaricada). Há ainda dois sabores sem adição de açúcar – o de baunilha de Madagascar e o de chocolate com lascas.

 

De certa forma, os gelati são o carro-chefe da confeitaria, uma vez que Stephanie cursou todos os módulos sobre o assunto na Carpigiani Gelato University, em Bolonha, na Itália, e passou por uma das gelaterias mais importantes de São Paulo, a Cuordicrema.

 

Contudo, a dedicação da moça aos outros itens é a mesma. Uma vitrine exibe bombons de sabores brasileiros: o bananada tem casquinha de chocolate branco belga e recheio de doce de banana feito na loja; o castanha-do-brasil é um creme envolto em chocolate belga 54,5% cacau; o coco é preenchido por uma cocada artesanal bem molhadinha; o mineirinho leva cachaça, mel e limão.

 

Fazem companhia aos chocolates os pacotinhos da Nani. Dentro deles, cookies choc chips ao estilo americano (quase cremoso no interior), brownie fudge (com pedaços de chocolate belga branco, ao leite e amargo 54,5% e lâminas de amêndoas), palha italiana, pão de mel com especiarias (cardamomo, cravo e canela) e pipoquinha de chocolate.

 

Para além deles, doçuras como o cremino (receita italiana que intercala camadas cremosas de avelã e chocolate branco, ao leite e amargo) e o s'mores (tradicional nos acampamentos americanos, aqui ele leva massa de castanha de caju, recheio de ganache de chocolate e cobertura de marshmallow artesanal tostado), assim como semifreddos em versões individuais ou grandes (para serem levadas para casa) e em sabores como o abacaxi in natura com biscoito de leite e compota artesanal de abacaxi, o cheesecake de goiaba e o tre cioccolati.

 

Apesar da delicadeza e da juventude da chef-proprietária, a Addolcire não é uma casa de bonecas: é uma doceria de gente grande, sem frescuras, com sabores intensos e autênticos.

 

Serviço:

Alameda Jauaperi, 1201 – Moema

Tel.: (11) 4305-4001

Horário de Funcionamento: De segunda-feira à domingo, das 10h às 20h.



Redação Black Card Lifestyle





 
  • Inaugura

  • Comedoria abre no Leblon

  • BC Indica: Terraço Itália

  • BC Indica: Chez Moi Chez Toi

  • BC Indica: Le Pain Quotidien

  • BC Indica: Antonietta

  • BC Indica: Addolcire

  • BC Indica: Piselli

  • BC Indica: Pissani

  • BC Indica: Paradis